Elite Randall Cobb Womens Super Bowl Jersey Authentic Wholesale NFL Jerseys Soccer Jerseys Cheap Coach Factory Label Cheap Spurs Jerseys Elite Kam Chancellor White Jersey Cheap Jerseys With Free Shipping NFL Football Jerseys Cheap Replica Jerseys Cheap Julian Edelman Authentic Super Bowl Jersey Cheap NFL Jerseys Wholesale Nhl Cheap Jerseys Cheap Youth Hockey Jerseys Authentic Nhl Jerseys Wholesale Coach Handbags And Wallets Coach Crossbody Bag Outlet Coach Factory Register Hockey Practice Jerseys Cheap Coach Handbags Lord And Taylor Cheap NFL Replica Jerseys NFL Cheap Authentic Jerseys Andrew Luck Jersey Small Coach Handbags Hawaii

Monthly Archives: maio 2015

GTPS apoia Seminário Mato Grosso: Cadeias Produtivas Sustentáveis

programação_valor

Com o objetivo de abordar o desenvolvimento produtivo do Mato Grosso e apresentar como o Estado tem trabalhado para garantir implantação do código florestal e da produção sustentável, o Valor Econômico promove em Cuiabá o Seminário Mato Grosso: Cadeias Produtivas Sustentáveis – Desafios e Oportunidades e conta com o apoio do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS). O evento será realizado no próximo dia 9 de junho, das 8h30 às 13h30, no Hotel Deville Prime, em Cuiabá (MT). As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no link.

A expectativa da organização é de reunir mais de 150 profissionais do setor. O encontro contará com a presença do Governador do estado de Mato Grosso, Pedro Taques, que realizará a abertura do encontro, da Secretária de Meio Ambiente de Mato Grosso, Ana Luiza Peterlini e do Secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, Seneri Paludo, além de especialistas renomados que envolvem toda a cadeia de segmento. As palestras abordarão os desafios e investimentos necessários em infraestrutura para produção e escoamento e o modelo de produção familiar sustentável. Serão realizados dois painéis: o primeiro com o tema “Implantação do Código Florestal e Redução do desmatamento ilegal” e o segundo “Como construir cadeias produtivas sustentáveis?”.

Eduardo Bastos, presidente do GTPS, reitera a necessidade do debate do tema no Brasil. “Encontros como esses reúnem públicos altamente qualificados e atuantes nessa área, o que fomenta o debate sobre os desafios do segmento para soluções viáveis para uma cadeia produtiva mais sustentável no País. Participar e estimular essa iniciativa fortalece ainda mais a visão do GTPS, de disseminar boas práticas na pecuária e apresentar o Brasil como referência mundial em sustentabilidade, explica Bastos.

Serviço
Data: 9 de junho, das 8h30 às 13h30.
Local: Hotel Deville Prime de Cuiabá
Endereço: Avenida Isaac Póvoas nº 1000, Centro Norte, Cuiabá (MT)
Inscrições gratuitashttp://www.valor.com.br/seminarios/cadeiasprodutivas/inscricoes.

 


GTPS realiza workshop sobre REDD+

Evento será realizado no próximo dia 10 de junho, no auditório do Banco do Brasil, em São Paulo, e contará com a presença de importantes nomes da cadeia de valor da pecuária brasileira

Com o objetivo de apresentar e debater o panorama, casos e sugestões sobre o tema Redução das Emissões por Desmatamento e Degradação Florestal (REDD+), a Comissão de Incentivos Econômicos e Financeiros (CIEF) do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) promove no próximo dia 10 de junho, a partir das 8h30, o Workshop REDD+ – Ferramenta para uma Pecuária Sustentável.  O evento é gratuito e será realizado no auditório do Banco do Brasil, na Avenida Paulista, 2300, 3º andar, em São Paulo.

015-GTPS_AltaFloresta_07.11.14

 O presidente do GTPS, Eduardo Bastos, explica que o evento contará com a presença de especialistas renomados na cadeia de valor da pecuária brasileira. Bastos ressalta ainda a importância do Workshop REDD+. “Os participantes terão conhecimento sobre o panorama do REDD+ no Brasil e quais os impactos dele para a sociedade em quatro painéis que debaterão sobre o tema. Disseminar e compartilhar as práticas sustentáveis na pecuária brasileira é nossa missão, e promover esse debate só enriquece cada vez mais a pecuária brasileira”, explica.

Inscrições, que estão limitadas, podem ser realizadas pelo e-mail secretariado@pecuariasustentavel.net.

Sobre REDD+

O REDD (Redução das Emissões por Desmatamento e Degradação florestal) é um conjunto de incentivos econômicos, com o fim de reduzir as emissões de gases de efeito estufa resultantes do desmatamento e da degradação florestal. O conceito parte da ideia de incluir na contabilidade das emissões de gases de efeito estufa aquelas que são evitadas pela redução do desmatamento e a degradação florestal. A 13ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro sobre Mudança do Clima (COP-13) incluiu na sua definição também atividades de conservação, manejo sustentável das florestas e aumento de seus estoques em países em desenvolvimento. Estes componentes deram origem ao REDD+ ou REDD plus. Durante o workshop a CIEF quer discutir como fazer desses incentivos econômicos uma ferramenta para a transição da pecuária para um patamar mais sustentável. Essa discussão está diretamente ligada ao princípio da Melhoria Contínua preconizado pelo GTPS.

 Programação:

08h30 – Abertura

09h00 – Painel 1: Histórico e Panorama do REDD+ no Brasil

Apresentações:
– Mariano Cenamo – IDESAM
– Marina Piatto – IMAFLORA

Debate

11h00 – Painel 2: Arcabouço Legal Necessário

Apresentações:
– Laurent Micol – ICV
– Eduardo Assad – FGV e Embrapa

Debate

12h30 – Almoço

14h00 – Painel 3: Cases e Lições aprendidas

Apresentações:
– Márcio Rangel – IIS
– Mariama Vendramini – Biofílica
– Rodrigo Freire – TNC

16h00 – Painel 4: Discussões e Encaminhamentos

Debatedores:
– André Bartocci – Produtor rural
– Christopher Wells – Santander
– Daniela Teston – JBS
– Francisco Beduschi – Coordenador CIEF
– Maurício Moura Costa – BVRio
– Tatiana Trevisan – Walmart


Cadastro Ambiental Rural é prorrogado até maio de 2016

2853

Foi publicada na edição da última segunda-feira (04) no Diário Oficial da União (DOU), a portaria que prorroga o prazo para inscrição no Cadastro Ambiental Rural (CAR). O prazo terminaria nesta terça-feira (5).  Agora, os produtores rurais terão até maio de 2016 para incluir os seus imóveis no sistema.

Segundo a ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira, das 5,6 milhões de propriedades rurais do país, apenas cerca de 1,4 milhão foram cadastradas. Na comparação por área, em hectares, pouco mais da metade foi cadastrada. Do total da área passível de cadastro (373 milhões de hectares), 52,8% (196 milhões de hectares) já estão no sistema, de acordo com Teixeira.

Conforme prevê a Lei 12.651, de 2012, conhecida como Lei Florestal, todas as propriedades rurais do país precisam ser cadastradas no Sistema Eletrônico do CAR (SiCAR). A inscrição é necessária para que os imóveis façam parte do Programa de Regularização Ambiental (PRA), que iniciará o processo de recuperação ambiental de áreas degradadas dentro dos terrenos.

Como se inscrever?

A inscrição no sistema é simples. Basta o produtor rural entrar no site do CAR, selecionar o seu estado e baixar o módulo de cadastro respectivo. Após o preenchimento das informações, o programa criará um arquivo com a extensão “.CAR”, que deve além de ser armazenado no computador, ser enviado na área “Enviar/Retificar” do próprio site. Por fim, o sistema apresentará uma mensagem para confirmar o envio das informações, bem como a disponibilizará um comprovante.

Pelo site, também é possível consultar a situação do imóvel, que pode ser “ativa”, quando o governo constatar a regularidade das informações, “pendente”, quando houver incorreções na declaração, ou “cancelada”, quando as informações declaradas forem falsas ou prazos não forem cumpridos.

Vale lembrar que a inscrição no cadastro é obrigatória para todos os imóveis rurais, sejam eles públicos ou privados, bem como de áreas de povos e comunidades tradicionais que façam uso coletivo do território.


GTPS elege novos membros dos Conselhos Diretor e Fiscal para o triênio 2015/2018

O Grupo de Trabalho de Pecuária Sustentável (GTPS) realizou na tarde da última quarta-feira (29) sua Assembleia Geral Ordinária. Um dos assuntos da pauta foi a eleição das instituições que vão compor os novos Conselhos Diretor e Fiscal para a gestão de julho de 2015 a junho de 2018. O evento foi realizado no auditório da Dow Brasil, em São Paulo.

11011903_825262040886451_6679663271032465596_nAlém das eleições, uma das aprovações mais relevantes foi a criação de uma nova categoria de associados do GTPS, formada pela separação da extinta “Comércio e Serviços”. Agora, os  associados plenos da mesa redonda estão divididos em seis categorias: Produtores; Indústria; Insumos e Serviços; Varejo e Restaurantes; Instituições Financeiras e Organizações da Sociedade civil, Organizações Sindicais de Trabalhadores e outros.

As instituições eleitas para compor o novo conselho Diretor foram: na categoria produtores – Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), Associação Nacional dos Confinadores (Assocon), como titulares, e Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), como suplente. Já as indústrias que representarão o setor no GTPS, serão: a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), a JBS, a Minerva (titulares) e Marfrig (suplente).

Na categoria Instituições Financeiras, os membros do Conselho Diretor serão os bancos Rabobank, Banco do Brasil e Santander. Também compõem o Conselho, as empresas Stoller, Dow, Elanco (titulares) e MSD (suplente), como membros da Categoria Insumos e Serviços. A nova categoria Varejo e Restaurantes, por sua vez, terá como representantes as empresas: Walmart, Carrefour, Pão de Açúcar (titulares) e McDonald´s (suplente). Por fim, a categoria Organizações da Sociedade Civil será representada nos próximos três anos pelas The Nature Conservancy (TNC), Aliança da Terra, Instituto Centro de Vida (ICV) como membros titulares e Fundação Solidaridad, como suplente. Já o Conselho Fiscal do GTPS até 2018, será formado pelo Márcio Rangel, do Instituto Internacional para Sustentabilidade (IIS), pelo Breno Felix, da Agrotools, e pelo Márcio Oliveira, da Associação dos Criadores de Gado do Oeste da Bahia (Acrioeste).

O presidente do GTPS, Eduardo Bastos, que encerra sua gestão em junho, parabeniza os novos Conselheiros e destaca a importância dessa eleição. “É muito importante que o trabalho que estamos desenvolvendo com toda a cadeia de valor da carne tenha continuidade com pessoas comprometidas e engajadas para disseminarmos cada vez mais a pecuária sustentável para a sociedade e, principalmente, mostrar ao produtor que a sustentabilidade também proporciona rentabilidade“, destacou Bastos.

A eleição da nova Comissão Executiva, a qual fazem parte o presidente, vice-presidente e tesoureiro, será realizada no mês de junho.



Coach Outlet Locations Catalogo Borse Gucci 2011 Chuck Foreman Kids Jersey Coach Outlet Dallas Cheap Oakley Oil Rig Sunglasses Polarized The North Face Wholesale Ray Nitschke Jersey Michael Kors Outlet Jackson Nj Cheap Grey UGGs Classic Short

Elite Randall Cobb Womens Super Bowl Jersey Authentic Wholesale NFL Jerseys Soccer Jerseys Cheap Coach Factory Label Cheap Spurs Jerseys Elite Kam Chancellor White Jersey Cheap Jerseys With Free Shipping NFL Football Jerseys Cheap Replica Jerseys Cheap Julian Edelman Authentic Super Bowl Jersey Cheap NFL Jerseys Wholesale Nhl Cheap Jerseys Cheap Youth Hockey Jerseys Authentic Nhl Jerseys Wholesale Coach Handbags And Wallets Coach Crossbody Bag Outlet Coach Factory Register Hockey Practice Jerseys Cheap Coach Handbags Lord And Taylor Cheap NFL Replica Jerseys NFL Cheap Authentic Jerseys Andrew Luck Jersey Small Coach Handbags Hawaii